Colonoscopia Virtual é alternativa rápida para a detecção de câncer no intestino

12 jan
2011

Novo método possui menos riscos e uma diminuição de custos comparado com o exame tradicional

Uma alternativa rápida para identificação de câncer no intestino grosso ganha cada vez mais destaque. Com um nível maior de detalhamento, a Colonoscopia Virtual permite encontrar lesões que inicialmente são benignas, mas podem se tornar malignas. Avaliação de estenose, ou seja, estreitamento no intestino, também pode ser feita com a técnica. Realizado com imagens de scanner, o exame trabalha com uma navegação interna através da utilização de uma ferramenta específica e com um software desenvolvido para isso.

Segundo o vice-presidente de ressonância magnética da Associação Gaúcha de Radiologia, Dr. Gustavo Luersen, a vantagem da colonoscopia virtual comparado com a tradicional é a diminuição de riscos e também de custos.

- O método de exame é eficaz para rastreamento efetivo do câncer. Já a tradicional é mais bem empregada para o acompanhamento das lesões detectadas para Tomografia Computadorizada (TC), utilizada pela colonoscopia virtual – diz.

O exame também reduz a intensidade de utilização de laxantes ou preparo intestinal. O principal objetivo é detectar o câncer no intestino grosso de forma precoce, porém deve ser realizada com protocolo de baixa dose de radiação, sem oferecer risco adicional ao paciente.

Em trabalhos publicados em serviços internacionais, a colonoscopia virtual não reduziu o número de exames tradicionais. No entanto, tem multiplicado o rastreamento de lesões, com identificação de cânceres precoces e que podem ser tratados.

Redação: Jéssica Wolff
Coordenação: Marcelo Matusiak